terça-feira, 13 de abril de 2010

Minutemen: Os viajantes do tempo


O que aconteceria se três nerds voltassem 48 horas no passado?

Estreia nesta sexta-feira, no Disney XD, Minutemen: Os viajantes do tempo. O filme é superdivertido e conta a história de três nerds que estudam juntos em um colégio. O trio forma o grupo Minutemen. Eles inventam uma máquina do tempo que lhes permite voltar 48 horas no passado e mudar o que os impediu de ser populares, mas descobrem que tudo tem uma consequência. O elenco inclui os atores Jason Dolley, de "Cory na Casa Branca", como Virgil Fox e Chelsea Staub, de "JONAS" e "Bratz", como Stephanie Jameson.

Na entrevista a seguir os atores contam um pouco sobre o filme:

Como você descreveria "Minutemen: Viajantes do Tempo"?



CHELSEA STAUB: Eu diria que "Minutemen: Viajantes do Tempo" é um filme que mostra que você deve aceitar as pessoas como elas são. A história gira em torno de três alunos desprezados pelos colegas que inventam uma máquina do tempo e voltam ao passado para mudar os eventos que atrapalharam suas popularidades. Eles não querem ser eles mesmos.


JASON DOLLEY: Em vários aspectos, o filme parece ser um "De Volta Para o Futuro" moderno. É a clássica história das viagens no tempo, mas com uma visão completamente nova. Você tem novos personagens, novas maneiras de viajar, novas roupas, tudo é novo. O tema é clássico, mas é mostrado de uma maneira bem moderna.

Você se identifica com a sua personagem? Você já foi impopular na escola?

CHELSEA: Eu acho que a Stephanie é parecida comigo no sentido de buscar sempre a paz e a harmonia. Eu quero que todos convivam bem, e a Stephanie também é assim. Ela quer que todos sejam amigos. É uma garota bem comum. Ela fica magoada quando descobre que seu namorado beijou outra menina. Fica chateada também quando se machuca animando a torcida do time. Ela sente saudades dos amigos dos quais acabou se afastando e acho que todos nós já passamos por isso em algum momento da vida.

Na escola, eu me sinto bem sortuda porque sempre fui um pouco "camaleoa". Eu sempre me dei bem com todos os grupinhos. Eu era líder de torcida e, ao mesmo tempo, eu fazia parte do grêmio estudantil. Eu era presidente do grêmio, então também me relacionava muito bem com os nerds. Além disso, participei de peças de teatro durante todo o ensino médio, então também tinha muitos amigos no grupo dos alunos que gostavam de arte.

E você? Parece-se com seu personagem? Você é como ele? Você já esteve entre os alunos desprezados no colégio?


JASON: É engraçado, o Virgil é provavelmente o personagem mais parecido comigo que eu já fiz, principalmente em sua maneira de agir, de pensar, seu senso de humor... Eu me identifico com o estilo dele. Sobre ser popular ou não, eu realmente nunca parei para pensar nisso. Eu sempre tive meus amigos no colégio e nunca me importei se eles eram populares ou não.

Alguma vez você desejou ter este poder de voltar 48 horas no tempo? Você já teve vontade de voltar ao passado para mudar alguma coisa?

JASON: Mais do que mudar alguma coisa, eu acho que teria vontade de voltar no tempo para reviver alguns momentos. Se eu pudesse voltar agora um mês no tempo, eu reviveria todo o período de filmagens de "Minutemen: Viajantes do Tempo". Foi divertido demais.

O que você mudaria em sua vida se pudesse voltar no tempo?
CHELSEA: Olha, eu acredito que os erros que você comete e tudo o que você faz em sua vida definem a pessoa que você é hoje. É claro que já fiquei bem chateada com coisas que deram errado em minha vida. Porém, o tempo passa e, depois, você percebe que tudo acontece por um motivo. Fico feliz por ter aprendido lições com meus erros, mas sempre há aqueles momentos em que você quer voltar no tempo para conversar com o menino de quem você gosta, em vez de ficar com vergonha, ou para estudar mais para uma prova, ou então para ficar atenta ao chão e não tropeçar num objeto...

Como foi trabalhar com seus colegas de elenco?

CHELSEA: Foi o melhor elenco de todos. Nós nos divertimos muito durante as filmagens. Ainda mantemos contato. Adoro todos eles. O Jason é demais, muito profissional e talentoso. Foi ótimo trabalhar com ele. Fora do set, ele era nosso guia de eventos. Sempre que precisávamos saber de algo, como "que horas começa este filme?", era só perguntar para o Jason. Ou então quando queríamos comer em algum lugar específico, Jason fazia as reservas. Não seríamos nada sem Jason Dolley.

JASON: Puxa vida! O elenco era demais! Nós ficamos amigos bem rapidamente. Logo nos primeiros dias, já saíamos todos juntos para jantar. E mesmo quem não tinha cenas para gravar naquele dia aparecia no set para bater papo. Nós nos aproximamos muito rapidamente. E esta química fica bem visível na tela, não seria a mesma coisa se não fôssemos tão amigos fora da tela.

Qual é a mensagem do filme?
CHELSEA: Eu diria que o filme mostra que tudo o que você faz na vida acaba definindo quem você é. E quando eles voltam no tempo e mudam o passado, isso acaba afetando todos. Muda a vida dos amigos e deles mesmos. Eles sempre estão diferentes quando voltam para o presente. Tudo está diferente. Acho que a principal mensagem do filme é que você deve amar as pessoas como elas são. Não faz sentido mudar a personalidade de alguém.

Você tem alguma história engraçada de bastidores para contar para todo mundo?

CHELSEA: Oh! Quando eu conheci o Luke, fomos comer em um restaurante com o pessoal e o Luke pensou que seria divertido puxar um galho de árvore para acertar o Jason de brincadeira. Quando estávamos passando pela árvore, o Luke não percebeu que eu estava na frente do Jason. Ele soltou o galho e me acertou bem na cara, na frente de todo mundo. Acho que foi por isso que ficamos tão próximos, porque ele passou os três dias seguintes me pedindo desculpas de joelho!

Eles recomendam!

CHELSEA: Para os meninos, acho que eles podem se identificar com o trio de amigos e com as aventuras malucas em que eles se metem. As meninas vão gostar do romance. E também temos um pouco de ciência, que todo mundo vai gostar. Os adultos também vão dar boas risadas. Acredito que o filme é tão bem feito e reúne tanta gente talentosa, que seu público-alvo é bem amplo. É um ótimo filme. Eu adorei fazê-lo!

JASON: Os efeitos especiais são sensacionais. A máquina do tempo usa tecnologia de ponta e tem um projetor de imagens. Ela usa quatro motores de motocicletas e tem uma espiral que gira no topo. As roupas que usamos também são cheias de efeitos especiais, pois a temperatura pode variar bastante durante uma viagem no tempo e, por isso, você precisa estar preparado. Acho que os fãs de "Cory na Casa Branca" também vão se divertir bastante com o filme, mas de maneira diferente. "Cory na Casa Branca" tem um humor mais exagerado, e o filme tende a ser mais próximo do mundo real. Mas o público também vai gostar, não tenho dúvidas.

O filme vai ao ar nas telinhas na sexta-feira, dia 9, às 22h, no Disney XD. Para quem preferir, também será exibido no dia 16, às 19h e no dia 21 e 27 às 22h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário